AMEST










Ao incansável Diretor da AMEST, Dr. Fernando Arthur Tollendal Pacheco, prezados colegas e amigos, senhores Conselheiros.

Temos muito que agradecer a Deus, por nos ter reunido, e assim encontrado maneiras de nos defender e defender também os colegas e as famílias que dependem o seu sustento da Previ e do Banco do Brasil S.A..

Assim, gostaria de vos lembrar de um pensamento de Teilhard de Chardin, que em relação aos que buscam o Bem e a Verdade e a Justiça, assim se manifestou:

"Jamais ceder. Trabalhar... mas pela fidelidade ao esforço realizado para tornar o mundo menos duro e mais humano para alguém."

O alguém é a família, a família do colega do Banco do Brasil, a do acionista do Banco do Brasil , a do associado da Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil- PREVI, a família do associado da Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil - CASSI, e a dos nossos colegas e amigos aposentados, ou a de suas viúvas e dependentes, a dos pedevistas.

Recomeçamos a trabalhar com muitos idealistas, que conseguiram manter a ação 1998.34.00.002.292-0; graças às doações recebidas, ajuizamos a AÇÃO CAUTELAR PARA PROTESTO JUDICIAL CONTRA PRESCRIÇÃO E PRECLUSÃO DE DIREITOS VIOLADOS EM ACORDO PREPARATÓRIA DE AÇÃO CIVIL COLETIVA DE CONSUMIDORES, no caso Superávit da PREVI; estão sendo preparadas as ações judiciais Coletiva e Individuais no caso Superávit da Previ; estamos arrumando a casa para que a AMEST tenha condições de enfrentar o desafio a nós destinado.

É uma honra trabalhar com vocês.


Luiz Afonso Barnewitz
Presidente da AMEST




Design por Cybergraph