TOLLENDAL EM AÇÃO - BRASÍLIA (DF) - NOTÍCIAS

Pedido divulgação julgamento Ação Civil Pública 846/2013-4
Re: Ação Civil Pública - resultado do julgamento Sexta 19:47
Resultado do julgamento da Ação Civil Pública 846/2013-4, pela 3ª Turma do TRT, ocorrido no 1/12/2016, impetrada pelo Ministério Público do Trabalho contra demissões e descomissionamento praticado pelo Banco do Brasil, em que está sendo responsabilizada juridicamente a alta administração do Banco. O julgamento foi suspenso pois entenderam como necessário ouvir testemunhas de defesa do BB, por considerarem ter sido o Banco prejudicado em tal parte do processo.

ZT/Valéria

Em Quinta-feira, 1 de Dezembro de 2016 14:32, N A S S E R escreveu:


Agradecendo a importante informação, prezado Dr. Tollendal, aproveito o ensejo para também PARABENIZAR o MPT pela iniciativa e dizer-me na torcida pela responsabilização desse pessoal que se deixa levar por impulsos inconfessáveis, defendendo irresponsavelmente o lado mais forte e posicionando-se, em regra, contrariamente aos seus colegas concursados e/ou aposentados do BB.

Que sejam rigorosamente punidos tanto os nominados quanto aqueles a quem prestaram/prestam seus desserviços pessoais, como já disse figura pública há algum tempo, "até o limite da irresponsabilidade".

c/cópia para o Conselho do Grupo MEIA DÚZIA e o colega Zilton Tadeu.

Um @braço.

Nasser (BA).
​============================= ================​


Em 1 de dezembro de 2016 12:59, Fernando Arthur Tollendal Pacheco escreveu:
Hoje, 1/12/2016, às 14h, ocorrerá o julgamento pela 3ª Turma do TRT da Ação Civil Pública - 846/2013-4, impetrada pelo Ministério Público do Trabalho contra demissões e descomissionamentos do Banco. Na ação estão sendo responsabilizados juridicamente a alta administração do Banco, destacando-se os ex-diretores Neto e Neri.

Vale relembrar que o ex-colega Neri foi diretor do BB e presidente da Cassi. Foi ele que convocou as associações e sindicatos para tratar das propostas que então formulou para a Caixa, culminando no famigerado Memorando de Entendimentos.

Neri foi ainda o proponente da retirada dos aposentados da assistência da Cassi, bem como autor da declaração de que os problemas da Caixa ocorrem por má gestão e que não sabia o que ocorreu com o vultoso aporte de 300 milhões em sua gestão.

A marcação da audiência foi feita de última hora, naturalmente com a finalidade de evitar o comparecimento dos colegas no julgamento de hoje quando apoiariam o Ministério Público e reforçariam a luta contra as arbitrariedades que ocorrem no Banco, visando ao seu desmonte ora em curso



Design por Cybergraph